fbpx

Os belorizontinos respiram e consomem moda, mas a grande maioria não mensura a importância desse setor na economia da capital. BH recebe turistas de todos os lugares do Brasil, e de acordo com alguns especialistas, o grande diferencial da cidade, é que as roupas produzidas aqui são para o consumo, e não apenas para as passarelas. Abaixo listamos alguns motivos de porque Belo Horizonte é polo de moda.

Belo Horizonte polo de moda

De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, a região metropolitana de Belo Horizonte gira em torno de R$ 2 bilhões de reais por ano, com a geração direta de 80 mil empregos. Com um total até 2018, de 5 mil indústrias, é na capital dos mineiros que acontece o maior evento de pré-lançamento de moda do Brasil, o Minas Trend. Esses são alguns dos motivos que fizeram com que BH se tornasse polo de moda.

Outros motivos, se referem à exportação de profissionais conceituados como Ronaldo Fraga e Victor Dzenk.

Barro Preto

Belo Horizonte polo de moda conta com muitas regiões de destaque nesse setor como:  Lourdes, Savassi e Prado. Mas o bairro que mais se destaque pela variedade de opções da confecção belo-horizontina é o Barro Preto.

Um dos bairros mais antigos da cidade, atrai compradores de todo o país para compras no atacado e varejo. Com mais de 800 lojas de pronta-entrega localizadas dentro de galerias, shoppings e nas ruas, tem estimativa de receber cerca de 350 mil consumidores diariamente. Esse movimento emprega mais de 2 mil costureiras da capital e outras cidades de Minas Gerais.

Centro de moda o Barro Preto reflete as tendências da moda mineira, que é levada para ser revendida em todo o Brasil. Cerca de 80% das lojas vendem pelo atacado, apenas 30% fazem vendas também no varejo.

Museu da moda

Ter o único museu público de moda do país é um dos grandes motivos para ser intitulada como: Belo Horizonte polo de moda. Localizado na antiga Câmara Municipal da Cidade, o museu abriga debates, estudos, desfiles, exposições, seminários e cursos sobre o tema desde 2012.

Mas foi em dezembro de 2016 que após reestruturações, o MUMO passou a ser o primeiro museu público destinado à atividade de moda no Brasil. De lá para cá, o museu já foi sede de muitos eventos, como a Semana da Moda Franco-Mineira, e em junho de 2017 foi iniciado um projeto de aulas gratuitas sobre moda, design e decoração.

Capital da Moda

Para além de Belo Horizonte polo de moda, a cidade por meio do poder municipal e da Frente Mineira de Moda, busca a reputação de “Capital da Moda”. A ideia é divulgar esse título e tentar de destacar ainda mais no setor como vitrine e economicamente.

Depois desses motivos, concorda com a cidade ser chamada de polo de moda? Se ainda não conhece as tendências mineiras, venha conhecer e temos certeza que não vai se arrepender.

Nos envie uma mensagem no Whatsapp ou acesse nosso Instagram e confira a nova coleção. Está uma lindeza: whts.co/whatsappmm

 Facebook – Instagram – Youtube



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Atendimento via WhatsApp